Como fotografar bebês: 3 dicas

Os cuidados necessários no primeiro trimestre de gravidez
27 de novembro de 2017
Estudo britânico vê aumento no risco de morte de bebês quando grávidas dormem de costas
5 de dezembro de 2017

Quem tem um bebê quer registrar cada olhar, cada gracinha, cada expressão. Mas nem sempre consegue um bom clique. Para tornar mais fácil essa missão, a fotógrafa Simone Silvério lançou o livro Fotografia para Bebês – Paixão e Técnica (Editora iPhoto, R$ 120). Inicialmente, a obra foi pensada para profissionais da área, mas como muitas famílias hoje têm bons equipamentos fotográficos, pais e mães amadores também estão se aventurando pelas quase 200 páginas, que destrincham o passo a passo da fotografia de recém-nascidos. Simone aconselha os pais a escolherem entre dez e 12 fotos por mês, as melhores ou mais representativas, para imprimi-las. “Arquivos digitais são facilmente esquecidos e podem ser até perdidos. Ao serem impressas, as fotos tornam-se materiais importantes para uma divertida sessão de recordações com a família em volta da mesa, compartilhando memórias”, explica. A expert dá três dicas para não errar na hora de clicar seu bebê:

1) Atenção à luz

Procure posicionar o bebê próximo a uma janela, ou, se não for possível, use abajures. Evite usar o flash da própria câmera, que deixa a foto com um aspecto “chapado”.

2) A melhor pose

Coloque o bebê em uma posição confortável, segura e ao alcance da mão.

3) Acerte o ângulo

Na hora de clicar, certifique-se de que o rosto do bebê está em primeiro plano, de preferência sem nada na frente fazendo sombra.

 

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com