As 10 dicas para melhorar a rotina do bebê recém-nascido

6 dicas para cuidar da beleza durante a gravidez
26 de outubro de 2017
10 dicas para a introdução alimentar
9 de novembro de 2017

Quando mantemos uma boa rotina com nossos filhos, tudo fica mais fácil! Quando eles choram, nós sabemos exatamente o motivo: fome, hora de trocar a fralda ou sono!

Seu bebê não vai entrar na rotina do dia para a noite, isso requer tempo e muita paciência!

Outro ponto importante é que os bebês não fazem manha: quando eles choram, choram por algum motivo. Um bebê de 3 meses, cujo ego nem está formado, não pode controlar um adulto por meio da manha. A ideia de controle, por si só, é elaborada demais para um ser que ainda não tem o sistema nervoso maduro.

1) Pratique o “EASY”!

Essa é uma regra simples que a autora do livro “A Encantadora de bebês” criou para ajudar os pais a lembrar a ordem da rotina estruturada: Alimentação (EATING), Atividade (ACTIVITY), Sono (SLEEP) e tempo para você (YOU). O EASY é um método composto de ciclos que se Repetem. Com ele não seguimos o ritmo do bebê e somos nós quem assumimos o comando! Depois que comecei a fazer o EASY com a Ana Helena, tudo ficou mais fácil e quando ela chorava, sabia exatamente o motivo! Antes disso ela chorava e eu ficava desesperada, sem saber se era dor, fome, sono etc.

– (E) Alimentação: Hora da mamada.

– (A) Atividade: Brincar um pouco por menor que seu filho seja, colocar uma música, móbile, brinquedos ou até mesmo uma conversa!

– (S) Sono: O sono ajuda a crescer, além disso, as boas sonecas durante o dia fazem o bebê dormir melhor à noite.

– (Y) Tempo para você: Enquanto o bebê estiver dormindo, você pode dedicar esse tempo para cuidar de você mesma!

2) Mamadas com intervalos corretos!

durante o dia as mamadas deveriam ter, no mínimo, um intervalo de 2 horas e, no máximo, de 4 horas. Ou seja, nem sempre que o bebê chora é fome, e devemos tentar dar as mamadas em intervalos corretos para melhorar a rotina deles.

3) Criar um ritual de sono adequado!

Seguir um ritual sempre igual na hora de dormir sinaliza para o bebê que é hora de ir para a cama, coisa que talvez ele não saiba. “O bebê fica mais relaxado se souber o que vai acontecer”, diz a especialista em sono infantil Jodi Mindell. “Quanto mais relaxado ele estiver, mais provável será que ele vá para a cama sem problemas e durma rápido.”

O ritual que antecede o sono tem de ser repetido diariamente, para que o bebê perceba a aproximação da hora de dormir. Massagem, banho, troca de fralda e mamada à meia-luz, canção de ninar, carinho, leitura de histórias e até mesmo o fechar das cortinas na presença do bebê: os pais escolhem o que mais lhes agrada, contanto que seja algo relaxante e prepare o pequeno para dormir. Para encerrar o ritual, é aconselhável colocar o bebê no berço ainda acordado, para que durma por conta própria, sem a interferência de adultos. Assim, cria-se um bom padrão de sono para a saúde dele e dos pais.

4) Enrolar o bebê na manta para dormir!

Antes dos 3 meses, os bebês não têm controle dos braços e das pernas e, ao contrário dos adultos, quando estão cansados ficam mais agitados, sacundindo os braços e pernas no ar para demonstrar exaustão. Quando isso acontece, o bebê nem percebe que seus membros fazem parte dele e isso os distraem e os perturbam. Enrolar o bebê é uma forma de remover essa estimulação e é recomendado até os 3 ou 4 meses. Faz sentido, né?

5) Não deixar o bebê trocar o dia pela noite!

Para isso, o ideal é fazer a rotina das mamadas de 3 em 3 horas durante o dia, acordando o bebê se necessário. Também é importante deixar que entre luz natural no ambiente onde o bebê está dormindo durante o dia e, à noite, deixá-lo no escuro.

6) Dar banho sempre no mesmo horário!

o banho acalma o bebê, por isso é importante manter uma rotina no banho também.

7) Passeio e banho de sol! 

Os banhos de sol devem ocorrer antes das 10 horas e depois das 16 horas. Se for em local protegido do vento e com temperatura agradável, o bebê pode ficar só de fralda. Faça passeios quando o sol está mais ameno. O bebê deve permanecer no sol por aproximadamente 10 minutos, mas sempre confirme com seu pediatra antes.

8) Liberdade para o pai!

O pai não amamenta e, normalmente, está fora na maior parte do dia. Por isso, muitos se sentem excluídos da relação com o bebê nos primeiros meses. Além disso, é comum as mães terem um sentimento de posse e acharem errado tudo o que os homens fazem com as crianças. É importante que as mamães se policiem e deixem os pais agir com mais liberdade, pois os filhos precisam ser expostos às diferentes maneiras de serem cuidados, para se desenvolver bem. Essa liberdade permite que os pais participem mais da rotina da criança e dividam com as mães as tarefas de dar banho, trocar fraldas, fazer massagens, atividades que antecedem o sono, entre outras.

9) Brincadeiras!

Para estimular a visão, a sugestão é o deslocamento lento de objetos a cerca de 30 centímetros dos olhos do bebê. E, para estimular a audição e a compreensão é importante conversar e cantar para ele. Antes das sonecas as brincadeiras devem ser relaxantes, com carinho, massagens e canções de ninar. Uma boa opção é deixá-lo de bruços – sempre com a supervisão de um adulto para evitar acidentes –, assim o bebê exercita a musculatura do pescoço.

10) Nada de colo na hora de dormir!

Os especialistas dizem para “quando colocar seu filho para dormir, evite pegá-lo no colo ou acariciá-lo até que caia no sono profundo. Ponha-o no berço porque se ele se acostumar com tanto mimo, você não terá mais sossego. Dizem também que se o bebê ainda não foi habituado a adormecer sozinho, os pais devem fazê-lo o mais rápido possível. É bastante importante que o bebê consiga adormecer sem necessitar que o embalem, pois se ele se habituar a isso e acordar durante à noite, muito dificilmente conseguirá adormecer sem essa ajuda. E vocês, conseguem deixar os filhos dormirem sozinhos no berço?

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com